sábado, 1 de novembro de 2014

O esqueleto

Estávamos com saudades, confesso, e apenas com o dia de hoje para abordar a temática que hoje se "respirava" por toda a escola: o Dia das Bruxas. Não é tipicamente português, mas é impossível fugir-lhe ... Depois do acolhimento, ouvimos canções e quase aprendemos esta, da nossa amiga Alda Casqueira:


Vimos alguns filmes da lista de reprodução "Bruxas", que a Leonor recolheu para nós no Youtube principalmente os filmes que tinham um esqueleto, que são os ossos que seguram os nossos músculos e dão forma ao nosso corpo, pois a seguir fomos ver um que brilhava no escuro da despensa (luminescente), ou seja, ele primeiro esteve exposto exposto à luz para depois brilhar. É muito giro! Então, depois a Leonor perguntou o que achávamos se fizéssemos um para pôr na porta? Como o fazíamos? A Leonor tinha visto uma vez um giro na internet (lamento, mas não sei dizer onde, fiquei apenas com a imagem na memória), explicou-nos como pensava ter sido feito e nós fizemos! Foi assim: escolhemos o mais alto de nós e que assim "a olho nu", ou seja, sem muito rigor, nos pareceu ser o Martim, o mais velho também (ficou a ideia de fazermos as barras das alturas, para termos certeza absoluta, se for necessário saber a altura de cada um, para algum futuro trabalho). Deitou-se em cima de um papel e fez-se o contorno do corpo; depois olhámos para os filmes do youtube e para o esqueleto que brilhava e fomos pondo pedaços de fita-cola e depois pintámos tudo de negro. E pronto ... ficou lindo!



2 Comments:

Carlos Alexandre Nepomuceno Barata said...

Muitos parabéns pelo excelente trabalho pois segundo os testemunhos deles ao final do dia, foi muito divertido para eles.Assim vão brincando enquanto aprendem.

Pais Laura Barata

Sala Encarnada said...

Obrigada! O objetivo é mesmo fazer ou propôr atividades que lhes façam sentido e os divirta, simultaneamente.
Beijinhos

 
Templates Mamanunes