quarta-feira, 18 de junho de 2014

"Quem conta um conto, acrescenta um ponto" ou "o diz que disse" ..

 Para que não se criem falsas expectativas ...

Foi-me hoje dito pela educadora da sala amarela, que uma mãe da sua sala lhe disse para estar atenta quanto à constituição das turmas para o 1º ano do 1º ciclo, pois uma mãe da sala encarnada tinha-lhe dito que o grupo da sala encarnada iria ficar todo junto e não iria ficar com a turma que integrará outros anos do 1º ciclo e pelo que a colega me disse, essa mãe da sala encarnada teve essa informaçao de mim. Ora bem, esclareço aqui, na impossibilidade de identificar a mãe da minha sala (encarnada), pois a colega da sala amarela também não me soube indicar quem era a mãe da sua sala que o disse, que eu nunca poderia ter afirmado tal coisa, uma vez que a constituição das turmas é para mim:
1 - uma incerteza, pois depende de inúmeros fatores a ter em conta;
2 - daquilo que é a minha experiência ao longo destes anos, é que nem sempre, ou quase nunca, a sugestão da constituição das turmas dadas por nós, educadoras, é respeitada (talvez devido a esses "inúmeros fatores a ter em conta");
3 - o que eu disse de certeza absoluta, quando fui questionada acerca deste assunto, porque sei que fui, mas nem sei exatamente por qual ou quais mãe/mães, é que "provavelmente o grupo poderá ficar junto, dado o número de crianças que transitam, mas nunca se sabe e as nossas sugestões, nem sempre são tidas em conta, como já aconteceu em anos anteriores".

Eu não podia dar certeza de coisa alguma e não o faria, pois a constituição das turmas, como é lógico, não depende daquilo que eu acho ou quero e tudo o que poderei eventualmente ter dito, foi sempre no âmbito das possibilidades, as quais, por isso mesmo, não são certas.

Não gosto nada deste tipo de confusões e, de facto, é verdade quando se diz que "quem conta um conto, acrescenta um ponto ..."

0 Comments:

 
Templates Mamanunes