quarta-feira, 30 de outubro de 2013

BUUUUUU!!!!! Que medo! :)

A surpresa da Leonor, após a nossa pequena pausa do almoço. BUUUUUU! Que medo!
Mas adorámos e alguns disseram logo que queriam fazer em casa! eheheheh  (ideia não original, vi na net ;)

O livro da Mia - 4 anos

 A Mia fez 4 anos, como já noticiámos, e hoje fez anos a Lara, que passou a ser a 3ª mais velhota da sala! (as 2 primeiras são as duas adultas, claro!) Fez 6 anitos, mas só vai levar a sua prenda daqui a uns dias, porque hoje não deu tempo e achamos que amanhã e depois, se calhar também não vai dar tempo, pois vamos estar ocupados com atividades da época.
Mas aqui fica o livro da Mia, faltando a foto da capa, mas pedimos aos pais que coloquem, pois a Leonor nesse dia não tinha a máquina.
 

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Relax com a mamã Cláudia

Ontem a Mia fez 4 anos e o bolito dela era fantástico! Mas não menos fantástico está a prenda para ela, que andamos a fazer desde segunda-feira! Este ano decidimos presentear cada aniversariante com um presente que, se o guardar, quando for tão velhote como a Leonor, ainda vai, nessa altura, recordar-nos a todos! :)
E hoje a mãe da Rafaela, a Cláudia foi ter conosco no final do tempo no polidesportivo e fizemos com ela relaxação! Levou um cd parecido com a música que ouvimos à tarde, na nossa pequena pausa, uma vela e uma flor. Foi muito giro, nós adorámos e a Cláudia já sabe: quando quiser voltar, é só aparecer!








quarta-feira, 23 de outubro de 2013

O dia de hoje, quarta-feira

Hoje passámos o dia quase todo na Casa do Folhas e adorámos. De manhã levámos a Galega Laranja, a girafa da Leonor e um novo amigo da sala, e de tarde fomos, finalmente assinar os contratos de leitor e requisitar os livros para casa. A regra é tratarmos muito bem dos livros e trazê-los de volta na segunda-feira e quem não os tiver no máximo na quarta-feira, não pode requisitar novos livros. Pais vamos lá a auxiliar, pais: ler no fim de semana e devolver na segunda!

Casa do Folhas on PhotoPeach





terça-feira, 22 de outubro de 2013

Quando fica Luz do coração acesa e o Pássaro da Alma feliz?

Tinhamos ouvido a história  "O Pássaro da Alma" na Casa do Folhas e tínhamos combinado fazer um quadro  com as coisas boas, que fazem o Pássaro da Alma ficar feliz e a Luz do coração acesa, e as coisas menos boas, que fazem o Pássaro da Alma ficar triste e a Luz do coração apagada. Temos vindoa falar dessas "coisas" todos os dias ...
Hoje a Leonor esteve com os mais velhos, o grupo dos finalistas, a pensarem e a desenharem as coisas boas. Amanhã a Leonor vai estar com os mais pequenos, os de 4 e 3 anos, a falarem e a desenharem as coisas menos boas. Quando estiver pronto mostramos o quadro, que no fundo são as regras que todos temos de respeitar na sala e até pela vida fora.

 

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

E para fechar esta semana ...

Para fechar as publicações desta semana é necessário fazer uma balanço, uma avaliação do que foram estes 15 dias, em que adotámos a pequena pausa de 15/20 minutos na sala, às 13:30.
Ora, vimos sempre muito excitados do recreio e o barulho mantinha-se pela tarde, sendo difícil ouvir e fazermo-nos ouvir, trabalhar com rendimento e atenção, saber guardar silêncio e fazê-lo a pedido. O tempo não é muito, pois após esse tempo, a Leonor começa a ir à casa-de-banho conosco, 3 ou 4 de cada vez,  lavar os dentes, com toda a calma, o que era muito díficil antes e mesmo impossível a maioria dos dias, porque a confusão era muito grande. Depois de lavarmos os dentes, vamos-nos sentar a fazer um desenho, ou recorte, ou plasticina,  algo que não faça muito barulho, pois alguns às vezes adormecem e dormem um pouco. Continuamos a ouvir músicas muito calmas, que a Leonor procura no youtube como "músicas relaxar". Por volta das 14:15/14:30, mais ou menos, os que dormiram um pouco, começam a levantar-se, vão lavar os dentes e juntam-se a nós. Aos poucos já estamos todos a trabalhar, mais calmos e tranquilos. 

E o que é que a Leonor pensa? 
1 - A Leonor pensa que já devia ter feito isto há muito mais tempo, mesmo há muitos mais anos atrás com outros grupos, porque constata agora que a esmagadora maioria das crianças não sabe estar um pouco em silêncio e auto-relaxar e estes breves momentos de pausa, de facto, tal como me comentou o pai de uma criança, "pode fazer toda a diferença" e quando pensamos que "estamos a perder tempo", na realidade estamos a ganhá-lo de uma outra forma.
2 - A criança que dorme ou "passa pelo sono" após 15/20 minutos sossegada e em relaxamento, é porque desse pequeno descanso precisava.

O que é que a Leonor aconselha para a noite, se acaso a criança fizer "birrinha" para ir dormir?
A Leonor aconselha a que os pais deitem os filhos a horas certas e cedo e a criança deve ficar, ou aprender a ficar, sozinha, até adormecer. Sem televisão, sem jogos e sem história atrás de história. 
Garanto que é uma aprendizagem para a vida o saber estar só, sem stress e sem angústia.

" A salada de frutas" da sala 6 e 5 ...

Hoje de tarde fomos presenteados com uma fantástica apresentação dos alunos da sala 6, da professora Lúcia, da sala 5, da professora Ana Valente, que tiveram a ajuda do professor de música, Nuno Canoa. A Ana França, da Casa do Folhas, também deu uma ajudinha.
A peça chamava-se "A salada de frutas" e nós ganhámos as frutas para a nossa sala! Estavam tão lindas e os poemas tão bonitos, que também vamos querer os poemas. Aqui estão algumas fotografias e um pequeno vídeo destes pequenos grandes artistas. 
Parabéns aos professores e aos alunos!






E quem é que faz desporto?

Como a atividade física está na base da Pirâmide Alimentar - nós acrescentámo-la à Roda dos Alimentos que está na sala - ontem a conversa da manhã, a partir de uma canção, foi o desporto. Assim, a Verónica foi para o quadro para ir tomando nota.

Em síntese: 5 crianças praticam natação, 3 praticam ginástica, 2 praticam ballet, 5 praticam futebol e 10 não praticam qualquer desporto. Das crianças que praticam desporto, 1 pratica 3 desportos (natação, ginástica e ballet) e 3 praticam 2 (natação e futebol). E a Leonor grande também faz natação :)  
Há que dar o exemplo e praticar o que se ensina ...

A promessa

Sim, é uma promessa, porque assinámos o compromisso para termos uma alimentação saudável e já foi para casa. A Leonor viu a ideia aqui na internet, partilha de uma colega, alterou um pouco o texto e a imagem de fundo e pronto! Ficou muito bem, para pôr na cozinha e nos lembrarmos todos os dias, como alguns princípios orientadores a seguir, agora e no futuro, só nos fará bem, já que uma boa alimentação é sinónimo, à partida, de uma boa saúde.


quarta-feira, 16 de outubro de 2013

A manhã do Dia Mundial da Alimentação

Trabalhámos na Roda dos Alimentos e outros descobriram um jogo novo que tem peças de Cuisenaire, porque um destes dias vamos começar a trabalhar com esse material.







O Pássaro da Alma

Pedimos à Ana, da Casa do Folhas, que nos contasse um livro que queremos trabalhar este ano: O Pássaro da Alma" de  Michal Snunit. Esta obra foi premiada com o Primeiro Prémio Internacional atribuído pela Fundação Espaço Crianças em Genebra no ano de 1993. A Maria estabeleceu a ligação entre esta história e a Luzinha do Coração, da Juca, que já vimos e está aqui:




E porque é que ela achou semelhanças? 

Porque a luzinha do nosso coração fica acesa quando fazemos e nos fazem coisas boas e assim, o nosso pássaro do coração, ou da alma, como alguns lhe chamam, fica feliz e muito contente;

Pelo contrário, o pássaro da alma fica triste, quando temos a luzinha apagada, ou seja, fizemos ou nos fizeram coisas menos boas. 

Então decidimos que na sala iríamos desenhar o pássaro da alma e fazer uma listagem na nossa sala: as coisas boas que podemos fazer e a luz do coração fica acesa e o pássaro da  alma feliz, as coisas que não podemos fazer, para que a luz do coração não se apague e o nosso pássaro do coração fique triste e infeliz.

A Ana também nos mostrou que está a fazer um filme do livro e depois vai à nossa sala mostrar.


Dia Mundial da Alimentação

Para comemorar o Dia Mundial da Alimentação (falámos na sala sobre a alimentação e da sua necessidade para todos os seres vivos) fizemos esta salada gigante:

Mas não foi só para nós! Todos os meninos da escola participaram neste lanche da manhã. Uns repetiram, porque gostaram muito, outros fizeram birra e até choraram, porque parece que não estão habituados a comer fruta e, pelos vistos, fazem o que querem  ...   :(

Mas, com mais vontade ou menos vontade, parece que todos comeram, porque era para comer e pronto! Bem, uma menina demorou o recreio todo para comer meio copo de salada de fruta e depois teve de deitar-se fora (e a fruta tão cara!), para ela ir almoçar. Mas depois do almoço, ela teve logo uma surpresa na sala: uma maçã para comer! Não comeu antes, comeu depois ... A fruta faz tão bem! ...

terça-feira, 15 de outubro de 2013

A tarde ...

Temos andado tão calmos de tarde, que hoje a Leonor filmou-nos, enquanto estávamos a trabalhar, ao que já estamos habituados.
Após os 15 minutos de descanso, poucos de cada vez, fomos lavando os dentes e, consoante vínhamos para a sala, tinhamos a tarefa de recortar alimentos, porque amanhã é o Dia Mundial da Alimentação e queremos fazer uma Roda dos Alimentos muito grande. A Leonor imprimiu uma no computador com a Catarina e nós fomos folheando e recortando os alimentos que encontrávamos. Amanhã é que vamos ver se são todos alimentos ou não. Esta atividade também foi muito útil para a Leonor ver melhor quem precisava de ajuda, para recortar melhor. Os meninos do ano passado e os crescidos que entraram este ano recortam bem e dos pequenos, a trabalhar só estava a Inês (os outros dormiam), que apresentou, no início, algumas dificuldades. Recortar é muito difícil, porque requer a coordenação entre os olhos e a mão, a força para abrir e fechar a tesoura, ver por onde se recorta ... enfim, nada fácil para quem é pequeno!

Mas antes, descansámos assim:




 Pois ... parece muito mal dormir em cima da mesa, mas este amigo não parava sossegado e era o único sítio disponível e onde ficasse mais só. Primeiro estranhou, depois gostou e após umas festinhas nos cabelos, umas massagens na cabeça ... ficou assim ... ferradinho a dormir   :)

Sosseguem ... claro que depois mudei o menino para o tapete, mais fofo e aconchegante e ... precisávamos da mesa, claro ;)







 Aqui está o vídeo, já conosco a trabalhar e alguns ainda a dormir. Ouvem a música? É a música para relaxar ...
 


Pensam que a Inês (3 anos)  e a Leonor desistiram? Ora vejam o sucesso que foi, com uma tesoura mais apropriada ... Parabéns à Inês!!!


sábado, 12 de outubro de 2013

Deram-nos uma máquina mágica ...

Deram-nos uma máquina de fazer sumos, que só pelo riso que provocou valeu a pena e agradecemos a oferta, porque o Miguel e o Rafael estavam muito interessados em fazer sumo de uma laranja ...



Com muita atenção vimos o que sucedia a seguir ...


Surpresa das surpresas: não saiu sumo e a laranja desapareceu! :)


Gatos ...

Na quarta-feira, dia 9, quando fomos à Casa do Folhas a Ana tinha lá uma surpresa: o Negrito (parece que é assim o nome). E falámos de gatos, pois não é que tinha sido Dia do Animal?


Ana Catarina - O meu é pequeno e não tem nome.
Laura - Eu tenho um gato cor-de-rosa.
Marta - Eu tenho a Luna e a ...não me lembro.
António - Tenho 2 crescidos e o meu primo tem 2 pequenos. Eu tenho o Afonso, que é cor-de-laranja, e o Manel, que é todo preto.
Rafael - Só duas coisas: o gato que a Ana Catarina tem, fui eu que o apanhei na rua. Tenho 2 gatos, o Becas e a Lúzia. O Becas é preto.
Lara R. - Tenho 2 gatos e um é amarela, é a Sissi e o Kinas e o Lorde.
Diogo - 2 gatos bebés.
Catarina - Tenho 4 gatos. Dois gatos:o Ruca e o André; 2 gatas: a Laura e a Negrita e dois bebés.
Depois a Ana leu-nos um poema de gatos e ainda ouvimos isto:


http://conta-meumconto.blogspot.pt/2012/09/gatos.html

A Sala 5 veio buscar a Flufy

A Sala 5, que é a sala da professora Carla Vilar e onde estão os nossos amigos que transitaram para o 1º ciclo vieram pedir-nos emprestada a Flufy e cantaram a canção do Alfa! Foi muito divertido e a Flufy já voltou para a nossa sala. Trataram tão bem dela que quando quiserem podem vir buscá-la de novo!

 

Banca do livro usado




A Casa do Folhas, a nossa biblioteca, vai realizar "A banca do livro usado" e, assim, pedimos a colaboração dos pais no envio de livros que a criança tenha e que já não lhe presta grande atenção, para essa banca. Solicitamos que, embora usados, os livros estejam em bom estado, de forma a que outra criança o possa adquirir. 
Este assunto já foi conversado com as crianças, mas apela-se à vossa compreensão e colaboração, pois ler é aprender, é viajar, é imaginar ...um livro é um amigo!
Grata pela atenção.

Registos da pequena sesta ...

Após "notícias" diárias, ou quase diárias, aqui no blogue, foi-me impossível vir mais cedo "falar com os pais", porque decidi prosseguir com o projeto de investigação que iniciei no ano passado, pelo que, muito provavelmente, irá haver alturas em que terei dificuldade em vir todos os dias colocar trabalhos da sala. Contudo, e para que não me aconteça o que me aconteceu no passado, quero deixar claro que manter este blogue exige muito tempo e dedicação, faço-o voluntáriamente, porque me é útil e é útil aos pais, que o aproveitam para melhor acompanhar os seus filhos e, mesmo que me ausente daqui um pouco, isso não significa, de modo algum, que não se trabalhe na sala com o mesmo empenho e dedicação ou que se trabalha menos.
Posto isto, seguem-se os registos das crianças, acerca da pequena pausa de 10 a 15 minutos, às 13:30, recolhidos no primeiro dia da pausa.

A pergunta foi: "Então o que sentiram por este momento em que descansaram um pouco?"

Miguel - Gostei porque queria descansar um bocado a minha cabeça, porque o sol e o recreio faz mal à minha cabeça ... cansa muito ...
Lara Rodrigues - Gotei de descansar a minha cabeça dos gritos do recreio. Foi muito bom.
Rafael - Gostei de estar a descansar e gostei da música.
Laura - Eu gostei da música.
Afonso Alves - Eu gostei da música e de descansar um bocadinho a cabeça.
António - Eu gostei de descansar e gostei da música.
Ana Catarina - Eu gostei da música e de descansar a cabeça e também gostei do almoço.
Diogo - Eu gostei da música.
Rafaela - Eu gostei de estar deitada.
Duarte - Gostei de estar deitado a descansar e da música.
Catarina - Adorei ouvir a música e adorei ficar ali deitada.
Tomás - Eu gostei ...
Leonor - Gostei de estar sossegada a ouvir a música.
Verónica - Gostei, porque eu estava tonta e eu queria descansar.
Inês - Gostei, porque eu queria estar sossegada ao pé da Catarina.

Votámos seguidamente o continuar ou não com estes breves minutos de pausa e decidimos passar a fazer todos os dias.
Passados uns 10 a 15 minutos e quando percebo que para algumas crianças já é o tempo suficiente, começamos a ir lavar os dentes, tendo encontrado assim, um tempo de calma para poder fazer melhor o acompanhamento da lavagem dos dentes. Depois de lavarem os dentes, as crianças fazem um desenho, para manter o sossego para os que continuam a descansar, o que também se tem revelado benéfico, pois algumas crianças desenhavam muito pouco por iniciativa. Nesta semana, por exemplo, um criança começou a fazer a figura humana, o que passou a ser o seu desenho predileto, e uma crianças das mais velhas começou a fazer o nome, um pouco melhor.
Ontem, sexta-feira, 5 crianças (das 25) ficaram a dormir, acordando pouco depois e muito mais bem dispostas. Apenas 1 criança continua a dormir até perto das 15:30. Esta, sendo uma criança das mais velhas e deitando-se cedo à noite, questiono-me como terá consigo ela estar acordada ao longo dos 2 anos anteriores, se bem que dormia de vez em quando...

Maria José, mãe das Marta, temos esta ou outra música no género, na sala a acompanhar a pausa :)


 

terça-feira, 8 de outubro de 2013

A sesta ... ou talvez não?

Se bem que na nossa sala nunca se impediu uma criança de dormir, quando tivesse necessidade de o fazer, não foi, até à data, nossa prática proporcionar uma pausa de descanso a todos. Porque, até agora sempre pensámos que nem todas as crianças o querem fazer, porque as crianças nesta faixa etária já não dormem, porque ... porque ... enfim, um sem número de razões. Contudo, os tempos mudaram, é um facto. Há alguns atrás não havia Componente de Apoio à Família (CAF), as crianças ficavam entregues à mãe, que não trabalhava, ou a outro familiar ou mesmo vizinho e o horário de permanência na escola era, escrupulosamente das 9:00 / 12:00 e das 13:30 /15:30. Eu comecei a trabalhar assim, em jardins de infância de lugar único e em que as crianças nem sequer lá almoçavam. Felizmente iam todas almoçar em casa. Depois começaram a levar termo para almoçar, depois prolongava-se o horário até às 17:30 e depois surgiu a Componente de Apoio à Família, pela crescente necessidade de dar resposta às famílias, ambos os progenitores a trabalhar, sem uma rede familiar ou de vizinhança que proporcionasse qualquer tipo de apoio. 
Ultimamente tive acesso a práticas de colegas que após o almoço faziam uma pausa para descansar e, segundo eles, com ganhos no estar das crianças. Também tive acesso, através de um colega, a um estudo que afirma que pequenas sestas ao meio do dia melhora a aprendizagem em crianças pré-escolares e o que é verdade é que o dia de algumas crianças é tão grande como o dos seus pais: inicia antes das oito da manhã, quando se levantam, e prolonga-se até às 19:00 na escola, quando só a essa hora é possivel a alguns pais virem buscá-los (tem-se alertado nas reuniões na necessidade de deixar as crianças na CAF o tempo estritamente necessário). Também se começou a verificar nos últimos anos a frequência de crianças de mais baixa faixa etária, às vezes 2 anos, a fazer os 3 até dezembro, que num passado recente não se verificava, devido ao  alargamente da rede pré-escolar.  Mas o que me fez um clique e me motivou a experimentar esse momento de pausa foi esta imagem partilhada por um pai no Facebook, com a seguinte resposta ao eu ter dito "Sesta ... e tanta falta faz": "China! 15 min. Leonor, que tanta diferença podem fazer..." 





E hoje experimentámos e foi assim:




Os registos orais e em desenho vêm amanhã ... hoje já não dá ... Mas avançamos já que, posta a votação o continuar ou não este momento, todos, sem exceção, votaram pela continuação.

sábado, 5 de outubro de 2013

Os filmes do dia 4 ...






Surpresa para os amigos de TODAS as outras salas!

De tarde resolvemos ir a todas as salas falar dos animais e cantar a canção "Não atirei o pau ao gato", porque somos mesmo muito amigos dos animais! Não fomos à sala 2, porque estavam na aula de ginástica e não quisemos interromper.

Gostámos muito de ir às outras salas, porque partilhar sabe mesmo bem!!!


 

Almoças?

Algumas imagens do nosso almoço, pois imaginamos que alguns pais sentem alguma curiosidade em "ver como é" ... :)

 

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Os animais são nossos amigos

Hoje o Rafael trouxe isto para a sala:

 E foi o mote para falarmos acerca dos nossos animais, os da sala e os de lá de casa. Também falámos como devemos tratar dos animais:

- Dar-lhe palmadinhas para eles adormecerem
- Fazer-lhe festinhas
- Levá-los ao médico
- Dar-lhes de comer
- E de beber
- Dar-lhe beijinhos
- Não os abandonar
- Tratá-los bem
... ... ...
Então resolvemos desenhá-los e aqueles que não têm animais de estimação desenharam aquele ou aqueles que queria ter. Depois fizemos um gráfico simples e foi muito giro organizarmos assim a informação. Chama-se "tratamento de dados"! Estamos muito crescidos!


 

Comunidade "Os Galegos Encarnados!

Começámos ontem, mas só acabámos hoje a casa que representa a nossa sala e que se foi juntar no hall da entrada às duas salas que já lá estão. Tivemos de nos desenhar num pequeno papel e para alguns não foi nada fácil! Mas ficou linda, não ficou? Pintámos com carimbos de papel ...


 

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Os amigos da sala

Aqui estão eles:

 

O Ruca, o André e o Tiago: leva-me para casa!

Depois de virmos da Casa do folhas com o nosso amigo cavalito, que a Ana nos emprestou, a Leonor foi buscar uma outra surpresa para nós: um caixote redondo em pano. O que teria lá dentro? 3 amigos que de noite foram dizer à Leonor que andavam muito tristes por ficar de noite na escola e queriam ir passar cada noite, a casa de um menino diferente, para não se sentirem tão sozinhos. Resolvemos dar-lhes um novo nome: o de cabelos encarnados ficava Tiago, como o nosso amigo Tiago Castiço do ano passado, o de cabelos castanhos é André, como o nosso amigo que no ano passado foi para a Austrália e o Ruca, que fica Ruca!
Não é tão bonito? Hoje o Ruca foi para casa da Rafaela, o André para casa do Rodrigo e o Tiago foi para casa do Tomás! Amanhã estão de volta, para irem para casa de outros 3 meninos! 
Aqui fica a foto dos nossos novos amigos:


A ideia também foi despoletada pela nossa amiga Juca e a sua Sala Fixe, que tem o Matias, o amigo que também vai para casa. :)


A surpresa da Ana

Fomos à Casa do Folhas e a Ana tinha uma surpresa para nós. E de uma caixa saiu um cavalito que trazia outra surpresa: um livro que se chamava "No, no y no" e que nos contava a história de um ursinho que vai para o jardim de infância e começou por andar muito mal disposto, mas depois, quando conheceu os outros amigos já nem queria ir para casa ...

 

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Algumas coisas que fazemos à terça-feira

Passámos a manhã no polidesportivo, mas as fotos estão um pouco tremidas, por causa dos movimentos rápidos, mas dá para os pais terem uma ideia. 
De tarde andámos "com a mobília às costas", à procura da melhor gestão do espaço e dos materiais.
Também colocámos o quadro dos aniversários, que é uma espécie de bolo gigante, em que cada fatia é um mês (muito bom para dar a noção temporal dos meses).  A Leonor colocou um abcedário e os algarismos até 44, ao lado do quadro, para quando quisermos copiar letras e números. E agora já temos um giz mesmo grosso, que a Leonor andava a querer comprar há 8 anos!!! É fantástico para desenhar no quadro!

 

 
Templates Mamanunes