quinta-feira, 25 de abril de 2013

Porque já é quase meia-noite ...

Hoje tínhamos de falar deste dia tão importante, como é o dia de amanhã: 25 de Abril, Dia da Liberdade!
Logo de manhã falámos, como é habitual, do "ontem - um tempo que já passou, é passado", do "hoje - o tempo que é agora, é presente" e do "amanhã - o tempo que está para chegar, o tempo futuro". Falámos mais demoradamente do "ontem", do "passado", do dia que amanhã se festeja. Falámos de nos sentirmos presos, como se estivéssemos fechados dentro de uma caixa, como na história da Casinha de Chocolate, e de como é quando nos sentimos livres, como se fossemos um pássaro a voar nos céus. Falámos do Salazar, que na sua época fez o que julgava melhor, mas que estava errado, falámos de revolução, de cravos e de alegria. Cada um apreendeu o que a sua idade e desenvolvimento lhe permite. Fizemos cravos, para assinalar o dia (não registei, porque esqueci a máquina) e ouvimos a música:



4 Comments:

M. Jesus Sousa (Juca) said...

E fizeram muito bem! Aprender a valorizar a liberdade desde pequeninos!

Lúcia Curopos said...

É importantíssimo ir contando às nossas crianças estes fatos da nossa história. O que conseguem registar, por pouco que seja, é sempre muito bom, porque lhes dá uma perspectiva do passado e aprendem a valorizar o que tem hoje, que é fruto desses acontecimentos...
Bom feriado
Bjs

Anónimo said...

Continua assim, a deixar pedacinhos do nosso passado (recente!) nos nossos meninos! É tão importante que nunca se esqueçam que houve quem não tivesse a Liberdade que eles hoje usufruem. Beijinhos e parabéns!
Marília

Galega Encarnada said...

Obrigada a todas pelas simpáticas palavras. Obrigada, Marília e, já agora, é familiar de alguma criança?

 
Templates Mamanunes