quarta-feira, 30 de maio de 2012

Avaliação e registos da videoconferência com a Sala Fixe




Vídeos da videoconferência :))












No Bloguefólio, podem ver como eles nos viam em Viana do Castelo.

Com o Skype até Viana do Castelo

Pois foi o que fizemos logo de manhã: "receber" a Juca e a sala Fixe de Viana do Castelo. Adorámos conhecê-los um a um e no fim cantámos-lhes uma canção. Acho que eles gostaram muito. Podem ver aqui, no Bloguefólio, como a Juca dá esta notícia.









Os Deveres da Criança

Na segunda-feira estivemos a falar dos Direitos, que já tínhamos falado muito o ano passado sobre eles, mas principalmente dos Deveres das Crianças e encontrámos vários: Obedecer ao pai, à mãe, aos professores, aos auxiliares; ser bem comportado; Arrumar o nosso quarto e tudo o que desarrumamos; Respeitar os professores, os pais, mas o Tomé disse que não eram só estes, mas todos e até os bebés, com o que concordámos e mais outros.
Começámos o painel, deixando um espaço para serem os pais nos dias seguintes a preencherem. No dia seguinte, quando vieram à nossa escola fazer atividades connosco, alguns já lá escreveram. O painel ainda não está terminado, mas começámos assim:


Avaliação e registos da atividade com os pais



(Os pequenos textos virão a seu tempo. Peço desculpa, mas tenho de ter tempo para os escrever)

Os pais vieram fazer atividades connosco ...

... E ficámos muito felizes!!!

terça-feira, 29 de maio de 2012

De tarde estivemos a responder aos comentários do blogue

Este foi para a Juca e os Fixes da sua sala (os termos são do Manuel, que é "perito" no skype!):

Este para a Maria João:

Esta foi a promessa de ir ver ao Google Mapas de onde veio o avô do Manuel, que veio de propósito da Nazaré para estar com ele nas atividades de hoje com os pais, já que os pais dele não podiam estar. Grande avô!
Surgiu a ideia quando estivemos de tarde a fazer  a avaliação da manhã e o registo gráfico (mostramos mais tarde as fotos da manhã e o registo)


A pedido do Miguel, esta é uma pergunta para a Maria João

video
Eu quero perguntar quando vens cá visitar-nos.

domingo, 27 de maio de 2012

Partilhar? Porque não?...

Este foi o trabalho que preparei para a reunião de Departamento da Educação Pré-Escolar nº 11, no passado dia 18 de Abril.  Parece-me uma boa prática e por isso a partilho aqui.



sábado, 26 de maio de 2012

As respostas da Maria João

As respostas da Maria João chegaram hoje para o mail da Leonor. Com a sua autorização, publicámos a carta que lhe era dirigida e as respostas que deu a todos, que transcrevo seguidamente:

 
Ola queridos galegos, gostei muito de estar ontem no skype convosco, já tinha muitas saudades.
Vocês devem querer que eu vos responda a todas as perguntas, não é?
Está bem, esta é para o Tomé : estava eu numa sala muito grande com médicos maravilhosos, deram-me uma anestesia e fiquei a dormir, sei que me puseram de rabo para cima e cortaram-me as costas em 6 lados, com uma pinça colocaram-me os parafusos e as placas, também com a ajuda de uma máquina de rx…achas que percebeste?
Manuel- olha amor correr é que não ou a bem dizer, ainda não mas vou conseguir para brincar convosco.
Tiago- também não posso  andar muito depressa…se não ia-te apanhar hhaaaaaaaaaaaa
Guilherme Gomes- poder cair posso, mas depois podia voltar tudo ao princípio e isso a João não quer, por isso não posso correr, nem andar depressa …boa!
O Tomé faz perguntas muito difíceis, mas vou tentar explicar, para os pulmões não creio, para os intestinos talvez, sei que se podem deslocar e rasgavam noutro sitio a coluna e isso para a João não seria nada bom, para a barriga não sei, mas olha quando for ao medico vou-lhe perguntar e depois digo, esta combinado; não ando de muletas e sim, as costas doem um bocadinho.
Olha Guilherme, os parafusos para o cérebro ... acho mesmo que não ….
Rebeca – olha meu amor a João não convém mesmo, mas mesmo nada, cair.
Mel - olha ... puxar as orelhas da cama consigo, fazer camas que temos que entalar os lençóis não…é pesado
Tiago, quem faz as camas à João é o Henrique, o meu filho.
Maria e Filipe – o meu marido não tem parafusos e o meu filho só no cotovelo é que teve um rasgão, mas pôs um penso muito forte e está bom. 
Espero que vos tenha respondido a tudo.
Um grande beijinho para todos e um abracinhos devagarinho para todos.

Maria João Alves

(obrigada, Maria João   ;))

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Carta à Maria João


Porque temos webcam, colunas de som e 2 computadores que a Leonor trouxe para a nossa sala e internet da escola, hoje falámos e vimos a Maria João logo de manhã. Mas primeiro as experiências ...



De tarde fizemos uma carta para a Maria João.

“Querida Maria João

Hoje quando te vimos de manhã no computador da nossa sala ficámos a saber como é um bocadinho a tua casa e a tua sala.
Ficámos a saber como está a tua coluna vertebral, porque tu mostraste o raio x, com os teus 6 parafusos e as placas para os segurar. Deve ter sido difícil a operação. Agora temos perguntas:
Tomé – Como é que te puseram os parafusos?
Manuel – Tu podes correr?
Tiago – Quero perguntar se tu andas depressa…
Guilherme Gomes – Tu podes cair?
Tomé – Se caíres … os parafusos podem ir para os  pulmões? Eles podem flutuar pelo ar da barriga? O ar da barriga é forte e por isso podem flutuar … …  andas de muletas? As costas podem doer um bocadinho … …
Guilherme Gomes – Se tu caíres, os parafusos podem ir para o cérebro?
Rebeca – Se tu caíres, tu podes magoar-te?
Mel – Podes fazer as camas?
Tiago – É o teu marido que faz as camas?
Maria – O teu marido tem parafusos?
Filipe – O teu filho ficou magoado no acidente?
Tomé – Eu espero que o filho da Maria João esteja bem …
Beijinhos e responde-nos, Maria João.
Até segunda-feira, para ouvirmos a tua história.”

Videoconferência com a Maria João

Um   bocadinho da nossa videoconferência ...Os vídeos:



Filme da "Mãe Primavera"

Como prometido, aí está um filme com melhores imagens do nosso painel Mãe Primavera...

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Olha como já cresceram as nossas sementes ...









Amanhã vamos registar o que hoje vimos.
Também já estivemos hoje a falar dos Direitos da Criança e revimos o painel que fizemos o ano passado. Mas este ano vamos dedicar-nos também a pensar sobre:

OS DEVERES DAS CRIANÇAS

O Livro em Roda, dos Jardins de Infância

Como trabalho de Departamento, cada sala passava à sala seguinte a última frase da sua história, dentro do mesmo jardim de infância e passando por todos os jardins de Infância do Agrupamento.
O resultado final foi este:


(não se lê a história, mas irei passar as imagens para pdf, quando me for oportuno, e fazer ebook)

Painel coletivo Mãe Primavera

Na segunda-feira fomos à feira do livro, que já acabou, e de caminho observámos o painel que todas as salas dos jardins de infância fizeram sobre a Mãe e a Primavera.
Este foi o resultado final:



sábado, 19 de maio de 2012

Com os restos das tintas à sexta-feira ...


... é a festa total das cores e experiências!

A Rute, mãe da Verónica, veio à nossa sala

E que veio fazer? Jogos! Gostamos tanto de ter cá as mães e os pais que quem quiser vir fazer coisas connosco, é só combinar com a Leonor!

Pintura de berlindes

Confesso que penso nunca ter experimentado, ou melhor, dar a experimentar a pintura com berlindes e fiquei convencida: pelos efeitos que faz, porque duas crianças tiveram de conjugar movimentos para fazer a par ... muito interessante ...




Caixa de palavras

Esta caixa de palavras é antiga, de anos anteriores, mas parece que só agora a "descobriram" e já copiam muito bem!





O nosso canteiro vai ser uma surpresa




No dia 14 fomos tratar - finalmente!!! - do nosso canteiro. Recolhemos umas sementes que lá tínhamos: ervilhas que nos tinha dado os pais do Rafael, girassol que trouxe o André e abóbora que tínhamos de quando fizemos o doce. A nespereira ainda lá está!

Finalmente o bom tempo e fomos ao campo!

No dia 10 deste mês, "um tempo já passado", aproveitámos o sol logo de manhã, pegámos nos lanches e aí fomos nós observar o que de novo havia nos campos...
Foi tão bom!

A Mãe Primavera



Como tínhamos feito os poemas para o Dia da Mãe resolvemos fazer um painel alusivo à mesma temática, mas realizado pelas 4 salas do jardim de infância e já o começámos no dias 8 e 9 deste mês. A nossa sala começou: como íamos representar uma mãe, grávida e primavera? Pusemos papel cenário na parede, fomos buscar o retro-projetor para nos dar luz, porque não tínhamos candeeiro, e a Mel serviu de modelo. Imaginámos uma mãe sentada à sombra de uma árvore e grávida, mas decidimos, por sugestão da Educadora Margarida, pôr o planeta Terra.  Quando estiver terminado, porque agora vai passar pelas outras salas, mostramos.

domingo, 6 de maio de 2012

O nosso "Coração de Mãe"





Pois aqui está o nosso pequeníssimo livro "Coração de Mãe" (título inspirado - é mais "copiado" -  num outro livro com o mesmo nome e cujo formato vimos na internet), que não é bem um livro (mais parece um postal), mas chamámos livro para reforçar a aprendizagem das partes de um livro (capa, contracapa, guardas do livro, lombada) com o nosso poema e o poema que a nossa amiga Juca nos deixou num post, aqui no blogue. Obrigada, Juca!

Esperamos que as Mães tenham gostado das duas prendinhas.
FELIZ DIA, MÃES!!!

Escrever "MÃE"

Aprendemos a escrever a palavra PAI e agora aprendemos a escrever a palavra MÃE para fazer também o papel de embrulho. Garanto que ficaram lindos e muito coloridos. Os mais velhotes ajudaram os mais novos, claro. E é uma tarefa que os mais velhos gostam muito de fazer.
Obrigada, velhotes!!!

A nossa mão de amor - para sempre!

Pois a ideia aceite por todos foi a da Mel, depois de há umas semanas atrás a educadora Graça Querido ter referido que tinha esta prenda dos filhos e várias, conforme a idade. 
Primeiro a Leonor não conseguiu acertar com a "receita" do gesso, mas com a ajuda da Graça foi fácil. ficam aqui as fotografias e parece que foi tudo muito rápido, mas não! Andámos vários dias para todos fazermos as prendas, até à sexta-feira, dia em que a Graça, por a Leonor estar doente, foi lá e terminou o que restava fazer, para que todas as mães amanhã tivessem a sua prenda. Felizmente não faltava muito e ela teve tempo! :)
Muito obrigada, Graça.


quinta-feira, 3 de maio de 2012

Feliz Dia da Mãe

Peço desculpa a todas as Mães, mas estando doente esta semana, só segunda-feira as crianças poderão levar as surpresas que fizemos para elas.
Desejo, desde já, um Feliz Dia da Mãe.


Afinal, boas notícias: a educadora Graça, a quem desde já agradeço, irá amanhã acabar de embrulhar uma das prendas. A outra vai na segunda-feira, porque alguns meninos não a terminaram e exige um pouco mais de tempo, do que aquele que amanhã a Graça pode dispor.

terça-feira, 1 de maio de 2012

Aquilo não é brincar ... é tontar!

Pois temos andado estes dias de volta da mãe, quem é  a mãe, o que mais gostamos na mãe, o que menos gostamos ... as prendas para ela e ... não podemos contar nem pôr fotos, senão estragava-se a surpresa.

Mas temos a referir duas frases muito engraçadas - e acertadas - do Tomé, 5 anos. Na sexta-feira eu estava sozinha com eles na sala e, em segundos, enquanto trabalhava com outros e arrumava o "tal trabalhito", cinco dos pequenitos de 3 anos e três "matulões" de 4 anos, resolveram juntar no tapete, às peças grandes dos blocos, mais jogos de mesa, animais, carros e mais nem sei o quê, num belo monte, mesmo, mesmo em cima da hora de saída. Quando me virei e  vi aquela rica confusão, ia-me dando uma coisa! Toca a arrumar tudo a correr, tocou a campainha de saída, ir à casa-de-banho, ir buscar casacos e eu sempre a resmungar com o acontecido... E aí ditei logo a sentença:
 - " Na segunda-feira NINGUÉM brinca com jogos!".
Na segunda-feira foi logo a conversa da manhã e, refletindo durante o fim-de-semana, disse eu,  achava que não era justo para quem estava a trabalhar comigo, com outros ou mesmo sozinho e que não tinha estado naquele belo grupo, que não pudesse fazer jogos. Assim, eu pensava que só aqueles que tinham resolvido fazer aquele monte de coisas, quando sabem que essas não são as regras da sala, é que não podiam fazer jogos, já que o não souberam fazer. O grupo concordou comigo. "E porque é que fizeram?", perguntei eu aos 8 prevaricadores. Bom, mesmo sabendo a razão, não me demoveram, pois "aquele monte era o bolo de anos da Maria! ". O restante grupo achou justo que eles não brincassem com os jogos, pois como disse o Tomé:

            AQUILO NÃO É BRINCAR ... É TONTAR!"

E creio que aprenderam, pois durante o dia, muito perguntaram os pequenitos:"Posso ir fazer um jogo?", e respondia eu: "Lembras-te do que aconteceu na sexta-feira? Lembras-te do que conversámos hoje? Então já sabes qual é a resposta. Qual é?" - "É não." Mas é claro que podiam fazer todas as outras atividades e usar todo o outro material.

Se me custou? Sim, custou. Mas acredito que é desde pequenos que é importante saber que nem tudo se pode fazer e devemos saber prever a consequência do que fazemos. Isto é fácil? Não, não é, mas aprende-se.

A outra frase, quando se conversava acerca do aprender, o que aprender, quem sabe mais, quem sabe menos, os grandes, os pequenos ...  disse o Tomé, que é um rapaz com uns pensamentos de "grande" (ou nem os "grandes" têm!):


"TODOS APRENDEM COM TODOS E TODOS TÊM QUE RESPEITAR TODOS. "

 
Templates Mamanunes