sexta-feira, 30 de setembro de 2011

A Ana conta "A Bruxa Arreganhadentes"

Outono

Palavras para quê? E foi a Leonor pequena, do ano passado, que tirou algumas das fotos. Vêm sempre à sala "matar saudades" e como ela gostava de tirar fotografias!!! 
Obrigado, Leonor!

Ainda nada está terminado ... tudo em processo!

"A Bruxa Arreganhadentes" contada pela Ana França

Tudo começou com a conversa acerca do que iríamos fazer com as coisas que apanhámos quando fomos na terça-feira ao campo e quando a Leonor foi buscar à arrecadação os pés secos dos manjericos, que estiveram o ano passado plantados no nosso canteiro e que ela guardou por parecerem umas árvores pequeninas. Pensámos que era giro fazermos uma maqueta com árvores do Outono. Daí ela perguntou qual eram as histórias que tinham árvores: "A casinha de chocolate" e a "Bruxa Arreganhadentes". Ora, esta última é uma história que desde que a Ana a contou há uns 3 ou 4 anos, é sempre contada de novo aos Galegos Encarnados. Os meninos do ano passado ajudaram a Leonor a contar a história aos meninos novos, mas deram conta que faltavam algumas coisas e de outras não tinham a certeza, porque a nossa memória não guardou toda a história. Foi por isso que enviámos o e-mail a seguir a esta conversa. Fica agora o registo desse momento.

Gostámos muito, Ana, e tens de voltar de novo!



Colaboração dos pais

A mãe da Mónica mandou-nos castanhas da Índia para vermos as diferenças: não se comem, são mais redondas e o ouriço não pica como as castanhas que comemos. Eram, ou são usadas, para pôr nas gavetas por causa das traças.

Aqui deixo 2 "cartas" que nos chegaram acerca das preocupações dos pais. Tivemos outros contributos aqui no blogue, que vou juntar quando tiver tempo e a ideia era fazer "O livro das preocupações dos Pais". Tenho de pensar numa outra maneira ... talvez um TPC para casa? Talvez ...




A Mãe da Mel também fez doce de abóbora e trouxe-nos um frasco, mas de manhã esquecemo-nos do doce e de  tarde não houve oportunidade de o comer com bolachinhas. Hummmmmmmmmm ... está tão bom!

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Movimento

Ontem não viemos ao Polidesportivo, porque já havia trabalho combinado com a Ana, desde a semana passada, mas hoje de manhã, como o Polidesportivo estava vago, foi assim, para conhecer o material:



Padrinhos/madrinhas ... afilhados/afilhadas

De manhã estivemos a decidir definitivamente os pares:

Diogo Lopes - Miguel
Rita - Rebeca
Mel - Maria Ana
Maria Lourenço
Francisco - Rafael
Manuel - Lara
Tomé - Diogo Vieira
Maria João - Valéria
Filipe - Maria Lourenço
Guilherme Semedo - Verónica
André - Guilherme Gomes
Matilde - Tiago
Mónica - Catarina

Como os padrinhos/madrinhas têm de "tomar conta" dos afilhados, fizeram um "juramento" com a mão no ar e disseram:
- Prometo ser responsável pelo meu afilhado, protegê-lo e orientá-lo, ser amigo dele em todas as circunstâncias!"

Faltou foi o juramento dos afilhados, que fica para outro momento, mas será qualquer coisa assim:
- "Prometo ouvir o meu padrinho!"

Claro que ouve o reparo de que somos amigos de todos, que nos respeitamos uns aos outros, mas que em determinadas circunstâncias, como ir à rua, ir ao campo, ir para o refeitório, no refeitório, vamos assim com estes pares .


(Esta notícia foi escrita na sala, com a ajuda da Rita e da Mel, que auxiliaram a elaborar oralmente o texto.)

A resposta da Ana ao nosso e-mail ...

Sim, claro!
 
Levo amanhã para a escola, mas só estarei na Póvoa da parte da tarde, de manhã estou com outros meninos noutra escola.
 
Beijinhos para todos os Galegos Encarnaditos.
 
Ana

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

O primeiro e-mail deste ano letivo

De tarde a Leonor começou a conversar connosco sobre o que fazer com o que recolhemos ontem na nossa saída ao campo e, a propósito da possível construção em volume de uma maqueta que representasse o Outono, lembrou-se de uma história que "tinha" uma floresta e que nós gostamos muito. "A bruxa arreganha dentes". Alguns meninos do ano passado e a Leonor lembravam-se da história e recontaram-na de memória, mas deram conta que se esqueceram de alguns pormenores. Então, a Leonor sugeriu que 3 meninos dos mais velhos escrevesse um e-mail para a Ana, pois ela tem a história e um ano até veio contá-la à nossa sala.
Aqui está o e-mail, que permitiu falar de "letras", "rato", "teclado", "Internet", "correio electrónico" e outras coisas ...


Algumas imagens do que se passava na sala: a Dina a seriar o material recolhido ontem com algumas crianças, que foram "circulando", enquanto outros optaram por desenho ou jogos.



As mães e os Bonecos das Preocupações

No seguimento da história "As preocupações do Billy", as mães que possam vir à escola na próxima segunda-feira, logo de manhã, para iniciarmos os bonecos, seria bom, para que não passe demasiado tempo e se perca "o sentido da oportunidade". 
Assim, solicito que aquelas mães, e aqueles pais, claro, que possam vir "inventar e costurar", serão bem-vindos. Só precisava que me contatactassem, pode ser até por aqui no blogue, confirmando a vinda, para que eu me possa organizar com o grupo.
Obrigado,

Leonor

Os sacos para a "Leitura a par"

Para o próximo mês - que já está próximo! - todos os meninos que, com o consentimento dos pais, se tornaram leitores da nossa Casa dos Folhas, vão começar a requisitar livros. Como não tínhamos sacos destinados exclusivamente para esse efeito e devidamente identificados, a Leonor comprou os sacos e em conjunto com a Ana começámos hoje, embora só o mais velho tenha começado, para ver como é que ficava, a decorar os sacos. O processo foi este: conversámos sobre a tarefa e definimos os objectivos, assim como o material que íamos utilizar. A avaliação virá a seguir ao processo.
Fotos a seguir, para "melhor ver".

As imagens do dia de ontem

Aí estão as fotos de ontem... o primeiro foi da actividade do jogo do tacto - saber, sem ver, qual era a castanha e/ou a bolota - e depois fizemos os conjuntos. A actividade permitiu falar dos sentidos e do sentido da visão, sentido do tacto, linguagem gestual, o que é "ser surdo", "ser mudo", "ser cego" ...

O segundo tem as fotos da ida ao campo para recolher material para colagem. Não se descreve os diálogos, mas as imagens procuram retratar sobre o que falámos, como por exemplo "a lixeira a céu aberto - ambiente", "tronco do sobreiro", as texturas, a figueira, o figo que alguém comeu e alguém chorou, porque queria comer e não havia, mas na vida, nem sempre se tem tudo o que se quer e quando se quer ... são aprendizagens, rentabilizando todos os momentos, independentemente da idade que se tenha ... ... e muitos outros diálogos e acontecimentos impossíveis de relatar e descrever aqui.
Espero que gostem do que veem, do que leem e do que imaginam que seja o dia na Galega Encarnada. Mas quando quiserem, podem vir passar um dia connosco ...  :)






terça-feira, 27 de setembro de 2011

Hoje ... só tópicos dos assuntos e das actividades ...

OH!!!!!!!!!!! Eu tinha umas coisas tão giras para publicar hoje e deixei a máquina fotográfica na escola!!!!!  É que descrever, ainda que sempre sucintamente, o que se fez, sem as fotos a acompanhar, penso que é mais difícil para os pais "nos acompanharem" e poderem conversar com os filhos em casa sobre o dia, pois eu sei que muitos pais utilizam o blogue para conversar  com os filhos sobre o seu dia na escola, o que me deixa particularmente feliz e já o blogue faz ainda MAIS sentido. Mas dou uns tópicos como ponto de partida, para conversarem com os filhos sobre o dia de hoje:


-CONJUNTO (muitas coisas, muitos "elementos")
- CONJUNTO MAIOR ... DE BOLOTAS
- CONJUNTO MENOR ... DE CASTANHAS
- CASTANHA ... CASTANHEIRO ... CASTANHAS ASSADAS, COZIDAS, FRITAS ... OUTONO
- CARVALHO ...SOBREIRO ... BOLOTAS ... PORCOS ... SERES VIVOS

Fomos ao campo ver um SOBREIRO e recolher FOLHAS, PAUZINHOS, ERVAS SECAS, BOLOTAS ... ... para fazermos trabalhos sobre o OUTONO na sala.

Amanhã coloco as fotos ... peço desculpa.


segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Desafio ... pequenino!

A Leonor trouxe do fim de semana um saco com frutos, quer dizer, um é fruto para nós e o outro não é, e não sabemos o nome deles! E para amanhã fazermos um jogo, precisamos de saber o nome e a árvore que os dá. Combinámos pedir aos pais para virem ver as fotos e auxiliar. Quem sabe como se chamam?



Como foi o dia de segunda feira

Pois hoje, a seguir à conversa e registo escrito de alguns relatos de alguns, fizeram um desenho (com tempo marcado no relógio de concentração na tarefa, para não ser tudo a despachar com meia dúzia de riscos e rabiscos, de alguns que já têm idade para mais do que isso), conversámos sobre o material que vão precisar para as bonecas: tecidos, pauzinhos para pôr em cruz, linhas, agulhas, tesoura e cola. Só não temos agulhas e linhas. A ideia dos pauzinhos em cruz foi da Mel, que explicou tão bem, que até tenho pena de não ter gravado ...

Depois dedicámos algum tempo a marcar as prateleiras com as palavras que descrevem o que lá está: LÁPIS, CANETAS, MATERIAL PARA COLAGEM, BIBLIOTECA, COLA E TESOURAS, GIZ E PICOS. 

Dividimos as palavras em sílabas, o que já costumamos fazer há muito tempo e contamos muito bem, contámos as letras das palavras e vimos o sentido da nossa escrita: da esquerda para a direita. Tudo coisas que alguns de nós já sabem bem.

De tarde fomos à biblioteca e a Leonor contou a história "Beijinhos não dou", de Julia Jarman e Erica -Jane Waters, Dinalivro.




sábado, 24 de setembro de 2011

Decidimos como vai ficar o painel dos cabides. E para que servem?

Servem para pendurar coisas, pois claro ... 
Ontem decidimos fazer um painel grande para colocar por cima dos cabides, para ficar mais bonito. No ano passado fizemos uma pintura e agora a Leonor sugeriu que utilizássemos lápis de pastel e podemos escrever  palavras de coisas que se penduram nos cabides. Descobrimos estas todas, no "singular", só um objecto ou "unidade",  e no "plural", que é  mais do que um ou "mais do que uma unidade":

SINGULAR                              PLURAL


MOCHILA                             MOCHILAS
CASACO                               CASACOS
BOLA                                     BOLAS
CAMISOLA                           CAMISOLAS
CHAPÉU                                CHAPÉUS
GUARDA-CHUVA                 GUARDA-CHUVAS

CACHECOL                          CACHECÓIS

Foi assim que a Leonor escreveu no quadro e aprendemos que estas palavras se escrevem quase da mesma maneira no singular e no plural, tendo apenas mais um "S" no final da palavra, excepto a palavra "CACHECOL", pois a terminação "OL" transforma-se em "ÓIS"!

Algumas outras coisas desta primeira semana:
 - Já temos as nossas fotos em tamanho A4 penduradas (quase todas! aceitam-se quadros, porque nos faltam ...) na sala, para a Leonor se orientar pelas idades e nós também, pois estão ordenadas pelo nosso número de ordem na lista. 
- Terminámos as nossas placas com o nome que têm uma dupla função: servem para nos ajudar a copiar o nosso nome e serve para marcarmos as nossas presenças no quadro das presenças e também estamos ordenados pelo nosso número na lista e assim aprendemos a contar e a reconhecer os números até 25, sabemos quem é o mais velho e o mais novo e por baixo das fotos, só falta pôr o nosso nome e data de nascimento. Os nomes dos meninos que nasceram no mesmo mês, têm a mesma cor e assim sabemos quem faz anos nesse mês rapidamente.
- Alguns dos mais velhos, e alguns dos mais novos que estavam impacientes para experimentar, fizeram pintura com guache.
- Os mais velhos foram requisitar livros para a sala e já ouvimos algumas dessas histórias.


Todos considerámos que esta foi uma boa, e cansativa, semana de trabalho.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

As preocupações - Parte IV

Decisão tomada em grupo: fazer uma carta que os mais velhos escrevem no computador e enviar por e-mail (sim, pelo menos os meninos do ano passado sabem bem o que é o "mail") ou por papel para quem não tiver Internet a pedir para nos virem ajudar a fazer os Bonecos das Preocupações.
 Hoje de tarde resolvemos ver um filme como no cinema, mas antes fizemos o texto. Como o texto ficou muito grande, resolvemos que a Leonor fazia em casa e enviava e punha no blogue. Então o texto colectivo ficou assim:

QUERIDOS PAIS, IRMÃOS E AVÓS E TIOS E PADRINHOS

 A Ana contou-nos a história do Billy, que era um menino que se preocupava com chapéus, as nuvens negras, os sapatos, pássaros grandes e era sempre à noite que ele se preocupava e não conseguia dormir. A avó dele deu-lhe uns bonequinhos a quem ele contava as preocupações antes de dormir e depois punha-os debaixo da almofada. Assim, ele já conseguia dormir. Como também temos preocupações e as queremos contar ao Bonequinho das Preocupações à noite, pedimos para, quem puder, vir cá à escola ajudar-nos a fazer os nossos bonecos, pois precisamos de muitos.


Beijinhos e obrigado,

Galegos Encarnados 


Pedido feito ... e agora ficamos à espera dos "auxílios", senão vamos andar o ano inteiro a fazer os bonecos ...  ai ai ...  :) 

As NOSSAS preocupações - Parte III

A conversa no dia seguinte a ouvirmos a história foi, como não podia deixar de ser, sobre "AS PREOCUPAÇÕES"! Primeiro as nossas preocupações, pelo menos de alguns meninos e meninas que falaram:

Tomé (5 anos) - Preocupo-me com os dragões, bruxas, dinossauros, a bola de fogo do dragão a ir direito à minha casa a rebolar... preciso de 3 bonecos.
 Rita (5 anos) - Eu sonho com dragões que vão roubar os gatos. Preciso de 1 boneco.
Mel ( 5 anos) - Sonho com lobos que me mordem. Preciso de 1 boneco.
Filipe (4 anos) - Preocupo-me com os pesadelos ... são sonhos maus e preciso de 4 bonecos.
 Mónica (3 anos) - Estava um fantasma no armário que queria comer a Bárbara ... Preciso de 2 bonecos.
 Miguel (3 anos) Preocupa-me os palhaços, porque um dia, nas férias, deitei-me e sonhei que eles não me deixavam ir de férias ... não eram muitos, era só um palhaço. Preciso de um boneco que se chama Gaspar.
 Diogo Lopes (5 anos) - Penso às vezes e tenho medo de ser comido pelos tubarões. Preciso de 4 bonecos.


 E as Mães? Com que se preocupam?

Tomé - Preocupa-se para chegarmos a horas à escola. Ela chama-me e eu levanto-me.
Mel - Preocupa-se quando estou constipada.
Rita - Preocupa-se quando estou doente.   


E os Pais? Com que se preocupam?

Tomé - Preocupa-se quando o Matias faz birras.

Como não sabemos com que se preocupam mais, a Leonor disse que o nosso Trabalho de Casa era perguntar aos pais e trazer escrito num papel. Mas, pelos papéis que vieram no dia seguinte - 0 papéis de Preocupações!!! - nenhum menino se lembrou ou os pais não têm preocupações! Que bom que era!!!
 Assim, os pais que vierem aqui e quiserem colaborar, escrevam sucintamente algumas das vossas preocupações. Será um bom tema para conversarmos em conjunto.

Segue-se, na notícia seguinte, a Parte IV.

As preocupações - Parte II

Esta notícia vai ter 4 partes. Já teve a primeira, que ficou inacabada, vai ter esta e depois a Parte III e Parte IV.
Parte II - Pois "As preocupações do Billy" é este livro:

 E a Leonor pensou que neste início do ano todos temos preocupações e que por isso seria um bom livro para começarmos trabalho nesta área. Pediu ajuda à Ana, que o tinha, e lá fomos nós ouvir a história. A Ana sabe contar histórias muito bem! No final da história ela tinha uma surpresa para nós: uma Boneca das Preocupações, que se vê no filme. Mas a Leonor trazia outra surpresa que escondeu nos bolsos das calças: mais Bonecos das Preocupações e ofereceu um à Ana, que ficou muito feliz com a prenda.





Os bonecos da Leonor são estes e são mesmo os bonecos originais da Guatemala:



quinta-feira, 22 de setembro de 2011

As preocupações ... de quem?

Pois hoje voltámos à Casa do Folhas para irmos ver um livro que a Leonor pediu à Ana para nos contar: As preocupações de Billy".
Depois de ouvirmos a história ... bom, amanhã vem o resto da notícia, pode ser?

Melhor explicação do que fizemos ontem ...

Ontem a Leonor pôs a notícia a correr, porque já era muito tarde (e hoje também é, mas pronto ...) e agora vamos explicar melhor: pois ontem estivemos a fazer digitinta por grupos de 3 crianças de cada vez, o que deu grupos para de manhã e grupos para a tarde. Gostámos muito e antes de começarmos a pegar em pincéis, é bom começar a ter contacto com a tinta. Gostámos, porque a tinta escorrega, é macia, fresca e fazemos desenhos que depois fica ao contrário numa folha de papel. É assim: nós fazemos o desenho na mesa, a Leonor colocou uma folha de papel em cima e pressionou levemente e quando tirou a folha estava lá o desenho! Parecia magia! Alguns ainda carimbaram as mãos numa folha de papel. O amarelo é uma cor primária, porque com ela fazemos outras cores.




De tarde, quando fomos à Casa do Folhas, estivemos a ver um filme que nos dizia como fazer algumas coisas para sermos todos felizes na escola. Depois, no fim, a Ana mostrou-nos todos os cantinhos da biblioteca. Amanhã voltamos ...





quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Duas das coisas mais importantes que fizemos hoje

Hoje, entre outras coisas, estivemos a fazer isto, que se chama "digitinta" (pintura com as mãos):





E fomos conhecer isto:


Por cima da porta diz: "CASA DO FOLHAS".

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

O placard para os desenhos ficou novo ...

Pois hoje não fizemos assim nada de especial ... conversámos de manhã, fomos ao recreio, almoçamos e de tarde, como na conversa da manhã a Leonor disse que não gostava assim do placard onde se colocam os nossos trabalhos, com o que concordámos, de tarde ela trouxe um lençol velhinho às risquinhas azuis, que colocou com a ajuda da Dina. Alguns de nós estivemos a colocar pedacinhos de papel colorido à volta, e é muito difícil tirar o autocolante, e ficou bem bonito! Claro, outros fizeram desenho, recorte e colagem, jogos ... o mal foi quando um dos pequeninos recortou uma cola UHU novinha!!!!  Sim, "RECORTOU" a cola que duas meninas mais velhas estavam a utilizar! Bastou uns segundos e ele fez aquela coisa maravilhosa, difícil e muito limpa! Era cola por todo o lado ...


Fotos ... talvez amanhã ... São 23: 55 e a Leonor está mesmo a precisar de descanso! Mas sabe que alguns pais vêm aqui para saber como foi o dia e ainda se escreveu estas linhas. Nem sempre se poderá publicar diariamente, mas faz-se um esforço, pelo menos nestes primeiros tempos. Foi um dia tranquilo e bom. Desejamos que amanhã seja melhor ainda ou, no mínimo, como o de hoje.

Noite Feliz.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

E o 3º dia de escola foi com a festa do nosso Tiago!

Hoje, depois de nos reunirmos na mesa grande para combinarmos o dia, fomos para o recreio e a Leonor tirou-nos muitas, mesmo muitas, fotografias, para depois escolhermos a que mais gostávamos para pôr nos cabides, nas placas com o nosso nome e em tudo o que for preciso marcarmos.
De manhã tivemos a primeira festa de aniversário do Jardim-de-Infância e foi logo na nossa sala! O Tiago fez hoje 4 anos e todos os meninos das outras salas vieram à nossa sala para cantar os parabéns e partilharmos o bolo, porque partilhar é muito importante e assim uma festa com todos é uma festa muito mais feliz. Ah! E ainda fizemos um baile enquanto esperávamos por todos. 
Não pomos aqui fotos hoje, porque a Leonor deixou o cartão da máquina no computador da escola e ela trabalho no blogue em casa. Depois pomos aqui as fotos.
Este foi o nosso 3º dia de escola e hoje ninguém chorou! Quer dizer, só o Rafael é que choramingou uns bocadinhos, mas muito pouco...

Feliz fim-de-semana para todos!

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

E quando hoje os pais foram à sua vidinha ...

Não foi nada mau, não senhores ... Só a Constança de manhã chorou um bocadinho ao separar-se da mãe, mas a fralda sossegou-a, e de tarde, quem chorou um bocadinho foi a Rebeca, mas "quem dança, seus males espanta" e pronto ... tudo passou, pois os mais velhos foram aos vídeos daqui do blogue para ouvirem e alguns são mesmo bons para dançar. Para os meninos de primeira vez, foi mesmo uma novidade. Mas a Shakira todos conhecem e as meninas, mesmo as novas, dançam muito bem! A Leonor até ficou espantada ...
 De manhã reunimos na rua para nos apresentarmos uns aos outros, porque estava mesmo bom na rua, depois fomos lanchar à sala e depois brincámos no recreio com os brinquedos da areia e os triciclos.
O almoço correu bem e todos comeram a sopa, o hambúrguer com arroz e a fruta. 
De tarde, depois de nos reunirmos para a Leonor saber como tinha corrido o almoço depois de ela sair, pois ela foi almoçar depois de todos termos comido a sopa, escolhemos o que queríamos fazer. Alguns brincaram com plasticina, a Rebeca foi finalmente para a Casinha das Bonecas, o Francisco brincou com os carros, o Miguel fez os puzzles que tanto gosta, os mais velhos e alguns dos mais novos estiveram no computador e num computador estiveram a ver vídeos de música e no outro estiveram a fazer jogos, que estão aqui no blogue.





Pais ... podem ficar tranquilos, pois este segundo dia correu muito bem ...

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Queridos pais, hoje o nosso 1º dia de escola foi assim ...

E o primeiro dia para quem veio para a escola pela primeira vez, não correu nada mal e não houve choros nem birras. Hoje, porque amanhã, quando os pais foram à sua vida, não sabemos como é que vai ser ...
Hoje foi até muito bom, porque os pais hoje estiveram connosco o tempo todo e fomos visitar a escola toda, em conjunto com os pais e os colegas das outras salas. Já pensámos que para o ano temos de fazer um jogo, tipo paddy-paper...

Quando chegámos à sala, reunimos à volta da mesa grande e estivemos a contar à Leonor o que gostamos de fazer, se costumamos dormir à tarde, se gostamos de usar ainda a chucha, a fralda ou o nosso bonequito, se vamos sozinhos à casa-de-banho, que tipo de ajuda precisamos, o que gostamos de comer e se comemos sopa triturada ou não, se comemos sozinhos ou com muita ou pouca ajuda, se gostamos de fruta ... muitas coisas! O que não sabíamos responder muito bem os pais ajudaram-nos nas respostas. A Leonor registou as coisas que dissemos, fizemos um desenho na folha e amanhã vamos pendurar no estendal da sala, que é onde ficam as novidades que vamos trazendo para a escola e as novidades que contamos à segunda-feira.
Depois fomos ver as outras salas, o polidesportivo, a sala onde os meninos tratam as feridas quando se magoam, a sala da Componente de Apoio à família, fomos à Biblioteca, que se chama a Casa do Folhas, fomos ver os canteiros e depois de dar a volta toda ao recreio, ficámos a brincar um bocadinho no escorrega e no recreio. 
Aprendemos que no recreio temos de estar sempre onde a Leonor está,  onde ela nos vê e nós a vemos a ela, não podemos ir lá para trás, longe de todos. Também aprendemos que na Biblioteca vive lá um amigo escondido que se chama FOLHAS e o Folhas tem uma namorada que se chama FOLHINHAS e também lá "vive" a Ana, a professora que costuma lá estar.  Aprendemos que temos de bater à porta e esperar que a Ana diga que podemos entrar, não se fala alto, não se tira os livros das prateleiras e se mexe em tudo à nossa vontade. Muito próximo iremos lá requisitar livros para levar para a sala e para casa.

Hoje a Leonor esqueceu-se de levar a máquina fotográfica, mas amanhã pomos aqui as fotos dos nossos desenhos.
Até amanhã.

Há escolas que são gaiolas e há escolas que são asas ...

Neste inicio de ano escolar, e porque é sempre importante reflectirmos sobre o papel da escola, transcrevo texto de Rubem Alves partilhado pelo colega José Paulo Santos, em   Interatic 2.0


"Escolas que são gaiolas existem para que os pássaros desaprendam a arte do voo.
Pássaros engaiolados são pássaros sob controle.
Engaiolados, o seu dono pode levá-los para onde quiser.
Pássaros engaiolados sempre têm um dono. Deixaram de ser pássaros.
Porque a essência dos pássaros é o voo.

Escolas que são asas não amam pássaros engaiolados.

O que elas amam são pássaros em voo.
Existem para dar aos pássaros coragem para voar.
Ensinar o voo, isso elas não podem fazer, porque o voo já nasce dentro dos pássaros.
O voo não pode ser ensinado.
Só pode ser encorajado."



terça-feira, 13 de setembro de 2011

Notas da reunião de hoje

Aos 24 pais da minha sala, e aos outros das outras salas, claro, quero agradecer a presença na reunião de hoje.

Transcrevo seguidamente algumas notas, talvez as que me parecem mais relevantes de aqui ficarem registadas e mais uma ou outra:

  • Respeitar o horário de funcionamento do Jardim de Infância, que é o período das nove às doze horas e das treze horas e trinta minutos às quinze horas e trinta minutos.
  • Ser assíduo e pontual.
  • O encarregado de Educação, ou quem acompanha a criança, pode acompanhar a criança à sala até às nove horas e quinze minutos. Após essa hora, a criança é acompanhada por uma assistente operacional.
  • Toda a roupa e outros objetos de uso pessoal (ex: mochilas, lancheiras, etc.) devem estar marcados em lugar visível.
  • Bibe para proteção da roupa e panamá. Quem tem prolongamento, traz um 2º chapéu que fica na sala da CAF.
  • Uma muda de roupa para ficar na sala, em saco e identificada.
  • No dia da atividade no Polidesportivo, vestir a criança com roupa desportiva (fato de treino), sendo necessárias as sapatilhas (identificadas), que ficam na sala.
  • Lanche da manhã (cerca das 10h30) constituído essencialmente por fruta, leite e bolacha (Maria ou outra sem ser de chocolate).
  • Será pedida identificação (BI) a todos os adultos que venham buscar a criança e que o pessoal docente ou não docente não reconheça.
  • No caso de a criança ter febre, não pode frequentar a escola e no caso de apresentar outros sinais gripais, solicita-se o bom-senso para analisar a situação de saúde da criança, de forma a não colocar em risco a sua saúde e a de outros.
  • Desde que as faltas por doença sejam mais do que cinco dias, ao regressar deve ser apresentada a devida justificação médica.
  • As crianças não podem frequentar o Jardim de Infância quando estão com febre ou com doenças infetocontagiosas (sarampo, papeira, varicela, etc.).
  • No caso de a criança necessitar que lhe seja ministrado um medicamento durante a sua permanência no Jardim de Infância, os mesmos devem ser entregues à educadora ou a quem a receber, devidamente identificados com o nome, a hora e a dosagem a administrar acompanhados da respetiva cópia da receita médica no caso dos antibióticos ou anti-histamínico. 
  • Parasitas: os Enc. de Educação serão alertados sempre que apareçam casos no J. Inf., devendo proceder-se à desparasitação coletiva na residência e a criança só pode regressar ao J.de Infância quando já não tiver vestígios desses mesmos parasitas.
  • Não nos responsabilizamos por qualquer objeto de valor ou brinquedo que a criança traga consigo para a escola.
  • Assinar as diversas autorizações/não autorizações: de saída do estabelecimento, dentro e fora da povoação; publicação de imagens em trabalhos ou Internet.
  • As salas têm a colaboração de assistentes operacionais que mudam de sala quinzenalmente.
  • Irão elaborar-se o Projeto Curricular de Turma e o Plano Anual de Estabelecimento, os quais serão posteriormente disponibilizados para consulta em suporte de papel e online.
  • As crianças só podem ir a passeios e visitas de estudo com o “Termo de Responsabilidade” assinado pelo Encarregado de Educação. O horário estabelecido para a saída tem de ser cumprido.
  • Os pais / Encarregados de Educação devem comparecer às reuniões para as quais são convocados. A não comparência implica a aceitação do que for deliberado nas mesmas.
  • Evitar contactar-me, presencial ou telefónicamente, durante a actividade lectiva. Se necessitar contactar, deixe mensagem com a assistente operacional, a qual transmitirá o recado. O atendimento aos pais é feito uma vez por mês (oportunamente divulgarei o dia e hora), solicitando que façam marcação prévia.  Um atendimento urgente, e portanto fora deste período oficialmente marcado para o efeito, deverá ser também antecipadamente marcado comigo.
  • Qualquer assunto que diga respeito à sala e/ou à criança deverá ser-me sempre colocado em primeiro lugar.
  • Relembro que amanhã recebemos as crianças que ingressam pela primeira vez e no dia  seguinte, quinta-feira, já vêm os "velhotes" e as "velhotas" do ano passado...
  • Mais uma vez : FELIZ ANO!

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Amanhã na reunião ...

Amanhã na reunião, entre outros assuntos, necessitamos saber quem são as crianças que almoçam na escola e necessitam de prolongamento de horário. 

Solicito aos pais que verifiquem junto dos serviços da Câmara Municipal de Mafra, se possível antes da reunião, a data a partir da qual a criança já pode usufruir destes serviços, caso os tenha solicitado.

Obrigado e não deixe de comparecer.


quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Início do ano escolar

 Desejo a todos nós um feliz e um ano repleto de sucessos, quer profissionais quer pessoais. Desejo que a paz, a tranquilidade, a saúde e a felicidade reine nos nossos lares e nas nossas vidas.


Informo que a reunião geral de todos os pais e/ou encarregados de educação do Jardim de Infância realiza-se dia 13, pelas 16 horas. 

Nesta reunião far-se-á:
- a apresentação das educadoras de infância;  
- apresentação do calendário de atividades e o horário dos serviços;
- o funcionamento do estabelecimento/sala
- eleição dos representantes dos pais.

Passar-se-á justificação aos pais que necessitarem de a entregar na entidade patronal.

Peço aos pais da minha sala que, se puderem, confirmem o conhecimento desta reunião, para o seguinte endereço eletrónico, indicando o nome da criança, e assim evitar o contacto telefónico:

galegaencarnada@gmail.com


Muito obrigado.

 
Templates Mamanunes