sexta-feira, 24 de junho de 2011

Conselhos de um filho ( Para todos os pais do Mundo)

1 - Não me dês tudo aquilo que te peço. Ás vezes só o faço para ver até quanto tu me podes dar. 
2 - Não me grites. Respeito-te menos quando o fazes, e também me ensinas a gritar, e eu não quero fazê-lo.
3 - Não me dês ordens. Se em vez de ordens, ás vezes pedires as coisas, eu falo-ei mais rápido e com mais prazer.
4 - Cumpre as tuas promessas, boas ou más. Se me prometeres uma prenda, dá - -ma. E se eu merecer um castigo, dás-mo também.
5 - Não me compares com ninguém,especialmente com o meu irmão/irmã. Alguém vai sofrer e se me fazes sentir pior que os outros, serei eu quem sofre.
6 - Não mudes com tanta frequência de opinião daquilo que eu devo fazer. Decide e mantêm essa decisão.
7 - Deixa-me valer por mim próprio. Se tu fazes tudo por mim, eu nunca poderei aprender. 
8 - Não me digas mentiras, nem peças que eu o faça por ti. Fazes-me sentir mal e perder a fé naquilo que tu me dizes. 
9 - Quando eu faço algo de mau, não exijas que te diga o porquê e porque o fiz.
10 - Quando te enganas nalguma coisa, admite-o e crescerá o respeito que tenho por ti e ensinas-me simultaneamente a aceitar os meus erros também.
11 - Trata-me com a mesma afabilidade e cordialidade que tratas os teus amigos. O facto de sermos família, não significa que não possamos ser amigos também. 
12 - Não me digas para fazer uma coisa quando tu não a fazes também. Eu aprendo aquilo que tu fazes embora não o digas, mas nunca farei o que tu me pedes e não fazes.
13 - Quando te conto os meus problemas, não digas: "Não tenho tempo para parvoíces, isso não tem importância". Trata de me compreender e ajudar.
14 - Finalmente ama-me e diz-mo. Eu gosto de te ouvir dizer, embora não aches necessário dizer-mo.

(vi no Facebook partilhado pela Sandra, a mãe do Lourenço)

3 Comments:

Anónimo said...

Por acaso ja conhecia,infelizmente,porque me foi dado no hospital o ano passado quando a Monica ficou internada.
Mas e certo,que com pena,nao respeitamos as regras deles,nem eles as nossas.Senao,seria um Mundo CERTINHO.E o Homem,esse ser egoista e cada vez mais animalesco,JA QUASE NAO SABE O QUE SAO VALORES E PRINCIPIOS.
Nos enquanto pais temos que os educar,proteger e cada vez mais lhes lembrar os nossos VALORES!
Por mais que digam,que assim nao deve ser,quando ha mais que um,ha sempre diferença,porque eles proprios marcam a diferença.
BJS,mae Isabel

Anabela Santos said...

Olá Leonor,

Nunca é demais recordar estes úteis conselhos.
Beijinhos

Prof. Anabela
BLOGando na Escola

voo do tapete said...

Texto forte, poderoso, completamente desafiador para os adultos e os pais que somos... (e que ansiamos ser!)

Como dizia o Papa João XXI, de quem sou admiradora incondicional, "façamos", não digamos que "vamos fazer"... E com tranquilidade, devagarinho, um pouquinho de cada vez... Ele tem um texto lindo chamado "Hoje, apenas hoje...", está disponível na Net.

Estes textos assim servem para isso mesmo, para nos desafiar a sair do "comodismo" das palavras e das intenções e para nos "pôr a caminho", para que decidamos arregaçar as mangas e experimentar novas atitudes, novas posturas, novos comportamentos...

Beijos grandes! Obrigada!
Ana

 
Templates Mamanunes